TESTE GENDERCARE MF9


PORQUE UM TESTE SEXOLÓGICO

Este teste jamais terá valor,se aplicado isoladamente. Esse é um teste para averiguação de gradação e intensidade de gênero no espaço MtF. Nosso objetivo é o de criar um teste sexológico que se some aos psicológicos já existentes, para um bom diagnóstico de problemas de gênero.

PRÉ-REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO NO TESTE

Este Teste Gendercare MF deve ser aplicado exclusivamente a pessoas com mais de 8 anos de idade e que tenham nascido com genitais masculinos, independentemente de sua orientação sexual (que pode ser preferencialmente heterossexual, bissexual ou homossexual), ou de terem identidade de gênero masculina ou feminina.
Se aplica também a hermafroditas, intersexos, pessoas com micropenis ou com hipospádias, que foram designados sexualmente cirurgicamente quando bebês ou muito crianças, de forma masculina, e criados como meninos.

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO:

1.As questões estão separadas por períodos ou fases de sua vida:
a) Período até seus 6 anos de idade;
b) período dos 6 até os 10 anos de idade;
c) período dos 10 aos 14 anos de idade;
d) período dos 14 aos 18 anos de idade;
e) período dos 18 anos até hoje.
2.As questões dizem respeito ao que você viveu, seus sentimentos, situações, atitudes, comportamentos, naquela época em que você tinha aquela idade. Relembre aquela época, passe alguns momentos se concentrando em quem você era naquela época, porque será aquela criança, adolescente e jovem, quem deve responder às perguntas.
3.Leia cada questão e decida, se aplicada a você naquela época, é uma afirmação Certa ou Errada.
4.Se a proposição se aplicava a você naquela época, ou seja se no seu caso ela é CERTA ou QUASE SEMPRE CERTA, clique no botão Certa, logo abaixo da questão.
5.Se a proposição NÃO se aplicava a você naquela época, por qualquer motivo, clique como ERRADO.
6.Se a proposição, para a época, não se aplicava a você, ou o assunto você acha que não lhe dizia respeito, então clique em ERRADO, mas não deixe questões sem resposta.
7.Não esqueça de marcar sua SITUAÇÃO DE GÊNERO, seja ela qual for, porque a comparação do teste nessas situações é que nos interessa estudar.
8.Crianças com menos de 10 anos, respondam até a questão 50, inclusive, apenas.

Insira seu nome (opcional):
Insira sua idade(obrigatório):
Insira seu email (obrigatório):
Insira seu País onde mora (obrigatório):
Insira o Estado (obrigatório):
Insira sua Cidade (obrigatório):

Selecione sua Situação de Gênero (obrigatória):
Você pode ser intersexo, e se sentir transexual, por exemplo. Marque os dois campos, transexual e intersexo.
Transexual
Travesti
Transformista
Hermafrodita
Intersexo
Micropenis
Hipospádia
NãoSei
Nenhuma das anteriores

Selecione sua Orientação Sexual (obrigatória):
Gosto só de mulheres
Gosto só de homens
Gosto de homens e mulheres (Bissexual)


Se você gosta de se relacionar sexualmente com homens, selecione (obrigatória se gostar de homens ou for bissex. Caso contrário NÃO PREENCHA):
Gosto de ser ativo com homens
Gosto de ser passivo com homens
Gosto de ser ativo/passivo com homens


Questões a serem Respondidas

Lembre-se bem de quando você era criança, de até 6 anos de idade:

1.Comparando minhas fotos e poses com essa idade, hoje eu noto que demonstrava menos masculinidade que a demonstrada por outros meninos
Certo Errado
2.Se meus pais me pegassem brincando como as meninas brincavam, eu apanhava ou era reprimido; isso me fazia me isolar para poder brincar em paz
Certo Errado
3.Aprendi que graça e delicadeza eram atributos essencialmente das meninas
Certo Errado
4.Comparado aos meninos de minha idade, eu não era agressivo, preferindo fugir dos outros a brigar com eles
Certo Errado
5.Meu sonho mais secreto era ser uma menina
Certo Errado
6.Viver no meio de um bando de meninos, não era o que eu mais desejava, e por isso muitas vezes, quando podia, me isolava
Certo Errado
7.Meus pais, desatentos, não percebiam a minha falta de masculinidade
Certo Errado
8.Brincar de bonecas, casinha, roda, passa anel, com liberdade, era uma coisa que eu gostaria de fazer
Certo Errado
9.Coisas perigosas eu preferia evitar, e não gostava de brincadeiras e jogos violentos
Certo Errado
10.Histórias de caçadas, guerras, morte de animais, brigas e violência, certamente não eram as minhas preferidas
Certo Errado
11.Histórias de fadas, contos da carochinha, histórias de heroínas(princesas, ninfas, fadas) e heróis (príncipes, magos) eu gostava muito mais
Certo Errado
12.Me aproximar das mulheres e aprender com elas (como se maquiavam, como se vestiam, o que gostavam de fazer e conversar...) era uma maneira de vivenciar meu desejo de ser menina
Certo Errado
13.Poder brincar, ou me imaginar brincando, com roupas bonitas e femininas, era uma das causas de meu isolamento
Certo Errado
14.Literalmente, muitas noites eu sonhava que era uma menina
Certo Errado
15.Eu queria poder me expressar como menina, diante dos outros meninos e meninas e mesmo dos adultos, mas tinha medo
Certo Errado


Lembre-se agora de seu período entre 6 e 10 anos de idade:


16.Em termos de liderança eu nunca fui muito competitivo, muitas vezes preferindo seguir um líder a comandar
Certo Errado
17.Eu queria ser a heroína (a princesC, a mocinha...) nas histórias de heróis (a Wendy na história de Peter Pan, por exemplo)
Certo Errado
18.Numa luta de agarra agarra eu não Cinha vontade de me esfregar masculinamente nos outros (como via que eles faziam)
Certo Errado
19.Preferia que eles se esfregassem eC mim, e não evitava situações em que isso acontecia
Certo Errado
20.Para meu pai era importante que eu jogasse bola e aprendesse a lutar
Certo Errado
21.De briga e luta de verdade, eu sempre tive medo, e fugi delas
Certo Errado
22.Era mais atraente para mim ver jogo de futebol, que jogar futebol
Certo Errado
23.Em muitas coisas meus pais me tratavam como se eu fosse uma menina (não em todas-talvez inconscientemente percebessem em mim alguma coisa "diferente"?)
Certo Errado
24.No jogo de futebol diziam que nem chutar direito eu sabia, mas precisava participar da turma para não ser percebido como "diferente"
Certo Errado
25.Entre jogar futebol com a "turma" e brincar de casinha isoladamente, preferia brincar de casinha
Certo Errado
26.Caçar passarinhos com pedras e estilingadas, como os meninos gostavam, parecia aos meus olhos um absurdo cruel; não tinha prazer em matar ou fazer sofrer nenhum animalzinho
Certo Errado
27.Meninos que flertavam comigo, pediam carícias sexuais explícitas; eu pensava em atender,não brigava, não me ofendia, nem me afastava deles, mas tinha medo
Certo Errado
28.Eu gostava de brincar de carrinhos bonitinhos, mas não de caminhões
Certo Errado
29.Pular muros e subir em árvores era um problema, porque tinha mêdo
Certo Errado
30.Brincar de pular corda e de amarelinha, era prazeroso, com meninos e meninas
Certo Errado
31.Brincar de bonecas e casinha, era meu sonho e um grande segredo
Certo Errado
32.Alguns meninos e rapazes insistiam em me chamar de "mariquinha", de "mulherzinha"; eu fazia que não ouvia
Certo Errado
33.Meus pais (irmãos, tios, etc..) ralhavam comigo porque queriam de mim uma maior expressão de masculinidade
Certo Errado
34.Eu queria conhecer como as meninas eram, como seus corpos se desenvolviam, e o que faziam na intimidade
Certo Errado
35.Queria ser como elas, queria ver meu corpo se desenvolver como os delas
Certo Errado
36.Mexer com as meninas, apalpá-las e dizer gracejos para elas como os meninos faziam, ou diziam querer fazer, não passava pela minha cabeça, e eu achava uma grosseria
Certo Errado
37.Heróis másculos e musculosos atraíam minha atenção
Certo Errado
38.O mundo feminino, eu sentia como meu mundo
Certo Errado
39.A beleza, o encanto e a graça da dança das meninas chegava a me deixar com inveja, porque não podia dançar e me mostrar como elas
Certo Errado
40.Sabendo que seria, não admirado mas ridicularizado se tivesse o mesmo tipo de atitudes delas, eu me retraía e me isolava
Certo Errado
41.Eu vivia em sonho o mundo feminino que não podia viver na realidade
Certo Errado
42.Escondido, punha roupas, acessórios, de minhas irmãs e mãe (ou de outras meninas e mulheres da casa)
Certo Errado
43.Sentir os seios se desenvolvendo, sentindo a dorzinha que as meninas diziam sentir, era meu desejo secreto
Certo Errado
44.Minha convicção era que um dia a mágica dessa transformação, de alguma forma, aconteceria
Certo Errado
45. Me sentir menina e flertar com os meninos me dava o sentimento de auto-afirmação e de prazer
Certo Errado
46.Como a maioria das meninas, eu também tinha o sonho do casamento de véu e grinalda
Certo Errado
47.Se eu soubesse que existiam hormônios e quais seriam os seus efeitos feminizantes no meu corpo, mesmo escondido eu teria tomado
Certo Errado
48.Me sentir naturalmente um macho, menino, masculino, eu nunca me senti
Certo Errado
49.Para me excitar sexualmente eu precisava imaginar ou vivenciar situações e me sentir uma menina desejada
Certo Errado
50.Sempre que eu me tocava e/ou masturbava, me imaginava uma menina se tocando e se masturbando
Certo Errado


Concentre-se agora entre os 10 e os 14 anos de idade:


51.O tempo passava e nada do que eu esperava acontecia com meu corpo; ele se afastava, cada dia mais, dos meus sonhos
Certo Errado
52.Pêlos, angulosidade, voz, tamanho, corpulência, dia a dia enfeiavam o meu corpo, e tudo se tornava um pesadêlo
Certo Errado
53.Minhas escapadas para a solidão e para me vestir femininamente se tornaram, mesmo a meus olhos, inadequadas
Certo Errado
54.Meus sonhos de transformação mágica se mostravam impossíveis
Certo Errado
55.Cada dia mais eu queria me vestir como uma mulher, pondo salto alto, sutiã, calcinha de renda, maquiagem e acessórios
Certo Errado
56.Colegas de turma começaram a perceber que eu era "diferente"
Certo Errado
57.Dava para perceber que eles eram mais másculos que eu
Certo Errado
58.Alguns demonstrando perceber minha feminilidade e que eu me impressionava com a masculinidade deles, faziam propostas e convites sexuais, pondo-se numa posição de dominação sobre mim
Certo Errado
59.Eu assumi minha situação de íntima condição feminina
Certo Errado
60.Eu tomei ou quis experimentar hormônios femininos
Certo Errado
61.Quando meninos me assediavam, eu me fazia de desentendido (mas não brigava nem me afastava deles), com medo de não resistir e terminar cedendo
Certo Errado
62.Eu não procurava me esconder atrás de uma máscara de falsa masculinidade e virilidade, e algumas vezes até de violência, para esconder minha real situação
Certo Errado
63.Algumas vezes minha tristesa era tanta, que chorava escondido sem saber porquê
Certo Errado
64.Me sentir desejada como "fêmea" ajudava a afirmar minha feminilidade
Certo Errado
65.Eu nunca revidava no nível do poder e da masculinidade entre meninos; nunca passava por minha cabeça um revide na mesma moeda, mas femininamente eu ficava encabulado, ruborizado, sem graça, e fugia (ou cedia), quando meninos me assediavam
Certo Errado
66.Me enchendo de coragem, eu chegava a me caracterizar femininamente quando sozinho, e ir a um cinema
Certo Errado
67.Nessa época meus pais não tinham condições de compreender minha realidade
Certo Errado
68.Eu cedi aos desejos de um rapaz
Certo Errado
69.Depois cedi a vários deles
Certo Errado
70.Mesmo querendo ceder, eu não cedi a nenhum deles
Certo Errado
71.Não é por eu ser menina, que tenho obrigação de gostar de meninos
Certo Errado
72.As revistas sobre transformação feminina que eu encontrava, eu comprava
Certo Errado
73.Conhecer o caso de Coccinelle, de Capucine, de Roberta Close, me mostraram que o sonho era possível
Certo Errado
74.Ter uma orientação heterossexual, homo ou bi nada tem a ver com o fato de eu me sentir menina
Certo Errado
75.De um rapaz eu queria respeito, e de uma garota, que ela reconhecesse em mim uma outra garota
Certo Errado
76.De um rapaz eu queria o flerte, a sedução, o desejo e o contato; de uma garota, suas formas e sua graça em meu corpo
Certo Errado
77.Se eu cedesse aos desejos de um rapaz, ele não me reconheceria como uma menina encantadora, mas como um viadinho e isso eu não queria
Certo Errado
78. Talvez algumas meninas me atraíssem como uma mulher pode atrair outra mulher, mesmo sexualmente
Certo Errado


Lembre-se agora de seus 14 até os seus 18 anos:


79.Eu sublimei meu problema, me dedicando a atividades (aos estudos, ao trabalho, a esportes, etc..)
Certo Errado
80.Não suportando mais a pressão de minha natureza feminina, passei a tomar hormônios femininos
Certo Errado
81.Procurando por outros como eu, deixei que dessem injeções de silicone no meu corpo
Certo Errado
82.Assim eu assumi definitivamente minha condição feminina, mesmo publicamente
Certo Errado
83.Condição feminina total,procurando inclusive, explicita e francamente na adolescência, minha transgenitalização cirúrgica assim que fosse possível
Certo Errado
84.Eu não me sentiria de forma alguma feliz, tendo que viver uma situação genital e social masculina
Certo Errado
85.Parecer mulher para mim era pouco, e nunca me satisfez
Certo Errado
86.Eu queria tomar hormônios, mas não tinha a quem recorrer, não sabia o que fazer
Certo Errado
87.Na relação com um rapaz, eu queria que não houvessem dúvidas de que ele era o homem e eu a mulher
Certo Errado
88.Gostando de homens, de mulheres ou de ambos, eu queria ser mulher, ainda que ainda não pudesse mostrar publicamente que era mulher
Certo Errado
89.Eu gostava de perceber quando homens e mulheres notavam em mim minha feminilidade, desde que não fossem agressivos, grosseiros ou vulgares
Certo Errado
90.Minha família impediu (ou me impediria, ou dificultaria drasticamente) de me feminizar tomando hormônios e fazendo cirurgias
Certo Errado
91.Minha família me expulsou (ou expulsaria) de casa ou procuraria um "tratamento psiquiátrico ou psicológico" castrador para impedir-me de ser eu mesmo, numa situação dessas
Certo Errado
92.Na relação com uma garota, eu queria que ficasse bem claro que éramos duas garotas
Certo Errado


Hoje, como você está....quem você é....


93.Eu fiz minhas correções genitais, e me sinto muito bem como mulher
Certo Errado
94.Eu sonho em fazer minha correção genital, porque para mim só parecer mulher não basta, eu quero viver o mais plenamente a realidade de ser mulher, inclusive na cama
Certo Errado
95.Eu gostaria que não tivessem dúvidas sobre eu ser mulher, já que não me sinto um homem ( nem "gay", nem hetero)
Certo Errado
96.Eu não sou homem, mesmo que os outros não reconheçam em mim essa realidade
Certo Errado
97.A sociedade não me respeita como cidadã, pois nem um nome que me signifique eu tenho o direito de ter
Certo Errado
98.Amando homens ou mulheres, eu sinto e amo como uma mulher
Certo Errado
99.Se eu tivesse feito minhas correções femininas bem cedo, na adolescência, eu teria sido muito mais feliz
Certo Errado
100. Para mim é melhor ser uma mulher discriminada, do que viver como um homem bem sucedido e respeitado
Certo Errado





Score = sua porcentagem de feminilidade.

Se o seu escore está abaixo de 10%, você é um homem sem problemas de gênero, com orientação hetero, homo or bissexual.
Se o seu escore está entre 10 e 30%, você pode não ter problemas de gênero, tendo orientação hetero, homo or bissexual, ou pode ter uma disforia de gênero, provavelmente decorrente de uma PTSD (post traumatic stress disorder), como um CD.
Se o seu escore está entre 30 e 50%, você pode provavelmente ter uma disforia de gênero, provavelmente decorrente de uma PTSD (post traumatic stress disorder), como um CD ou mesmo como um travesti (transgênero).
Se o seu escore está entre 50 e 65%, você pode provavelmente ter uma disforia de gênero, provavelmente decorrente de uma PTSD (post traumatic stress disorder), como uma travesti, ou mesmo decorrente de uma neurodiscordância de gênero, como uma transexual.
Se o seu escore está entre 65 e 75%, você pode provavelmente ter uma disforia de gênero, provavelmente decorrente de uma neurodiscordância de gênero, como uma transexual, ou mesmo, por uma PTSD (post traumatic stress disorder), como uma travesti.
Se o seu escore ultrapassa 75%, provavelmente se trata de transexualismo, devido a uma neurodiscordância de gênero.

Nota: Esse escore não tem valor de diagnóstico, mas apenas indica uma probabilidade. Um diagnóstico completo pela Gendercare inclui outros testes, anamnese rigorosa e testes psiquiátricos.

Faça AGORA o download gratuito do software avaliador do teste MF9! AQUI! AGORA! É GRATIS!

Para contatar a Gendercare, acesse nossa página de contatos.

Obrigado





Copyright 2002 Gendercare.com. All Rights Reserved
Please contact our email Aqui with questions or comments.
General Site and Therapeutic Coordination:
Wal Torres,MS,PhD
Sexologist & Gender Therapist

Member of Harry Benjamin International Gender Dysphoria Association- HBIGDA/WPATH


free counters




free hit counter